Cooperjornais

“O Cooperjornal é o informativo da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce que mantém seus cooperados e demais públicos de interesse informados sobre as ações realizadas pela instituição. Além disso, contamos histórias de pessoas que encontraram no cooperativismo a melhor solução de negócio de forma justa, ética e sustentável. Também são abordados temas sobre pecuária leiteira, agronegócio, mercado de leite e cooperativismo.”

COMITÊ EDUCATIVO

“Desde 1981, a Cooperativa desenvolve um trabalho aprofundado de educação cooperativista através das Reuniões de Comunidades e do Comitê Educativo são veículos de comunicação diretos e diários com o cooperado, pois proporciona fluxo de informação entre comunidade e a instituição.  Somos a única cooperativa do Brasil que realiza este trabalho há 38 anos ininterruptos.

PREVISÃO DO TEMPO

Confira a previsão do tempo nas 57 cidades de atuação da Cooperativa. Aqui você consegue ver as condições previstas  de temperaturas, sensação térmica, umidade do ar e mudanças climáticas. Não seja surpreendido pelo tempo!

Nossos 62 Anos

“1959, foi quando nasci! Realizei o sonho de meus pais e seus amigos. Eles imaginaram como eu seria! Se seria fiel a seus valores. Se realizaria grandes feitos. Hoje, posso dizer: Eles ficariam orgulhosos! Semeei ideiais, plantei união e hoje colho desenvolvimento daqueles que acreditam em  mim! Eu sou a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce há sessenta mantendo o ciclo da vida de milhares de pessoas em movimento.”

 

A Cooperativa

“Nossa história iniciou com Luiz de Castro Côrtes. Tendo o desejo de unir a classe produtora de leite e fazer mais pela comunidade, ele e outros 186 produtores rurais, foram os pioneiros do movimento cooperativista em Governador Valadares. Desde 1959, desenvolvemos de forma sustentável a bacia leiteira da região, atuando na captação de aproximadamente 6 milhões de litros de leite/mês. Com saúde financeira reconhecida pelo Programa de Desenvolvimento Econômico-Financeiro (GDA), somos a 2º melhor cooperativa do ramo agronegócio em Minas Gerais e a 5° melhor a nível Brasil, conforme a Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Sistema Ocemg).”

missão

Oferecer produtos e serviços de qualidade, com preços justos, através de práticas inovadoras e sustentáveis, gerando valor e desenvolvimento aos cooperados, clientes, colaboradores fornecedores e sociedade. 

visão

Ser reconhecida pela qualidade dos seus produtos e serviços, bem como pelo desenvolvimento da cadeia produtiva do agronegócio. 

valores

Atitude de dono. Compromisso social e ambiental. Confiança e credibilidade. Cooperação e parceria. Crescimento consiente com foco em resultado. Ética e transparencia em todas suas relações. Gestão e Inovação. Profissionalização e valorização das pessoas. Respeito. Segurança e integridade. Simplicidade nas ações. Trabalho em equipe e eprendizado contínuo.

Marca Ibituruna

A marca Ibituruna foi readquirida pela Cooperativa em 2014. Nasceu no Vale do Rio Doce marcando a identidade e qualidade local através dos produtos Ibituruna. Atualmente não possui fronteiras e é reconhecida em todo o Brasil.

NOSSos projetos

Com foco no aumento da produção de leite com qualidade , o projeto é desenvolvido por meio do Armazém da Cooperativa, assistências técnicas periódicas e do Projeto Educampo, que direciona o cooperado a ter gestão nos custos e sustentabilidade da atividade leiteira.

É um projeto que moderniza a atividade leiteira e garante a qualidade de vida para a família cooperativista. Utilizando recursos da própria Cooperativa e subsídios de parceiros, o cooperado tem a oportunidade de melhorar a qualidade genética do seu rebanho, seja ele pequeno, médio ou grande produtor.

Desde 1981, a Cooperativa desenvolve um trabalho aprofundado de educação cooperativista através das Reuniões de Comunidade e do Comitê Educativo. As Reuniões e o Comitê são veículos de comunicação direto e cotidiano com o cooperado, pois proporciona fluxo de informações entre comunidade e instituição. 

NOTÍCIAS

Presidente da Cooperativa, João Marques, é eleito presidente do G-100

Presidente da Cooperativa, João Marques, é eleito presidente do G-100

Na última segunda-feira (3), durante a Assembleia Geral Ordinária e reunião do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios (G-100), na modalidade online,  o diretor presidente da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, João Marques, foi eleito presidente da instituição.

O G-100 em seu organograma conta com três vice-presidentes. Para a gestão (2021-2024) foram eleitos junto ao presidente João Marques, os senhores: Cícero de Alencar Hegg fundador dos Laticínios Tirolez do Estado de São Paulo, Pedro Augusto Fernandes Guimarães, presidente da Cooperativa Serramar do Estado de São Paulo e Paulo José Cintra Santos, diretor geral do Laticínio Marianna do Estado da Bahia.

Conforme disse a ex-presidente da instituição, Ísis Madruga, o G-100 é uma entidade muito importante para o desenvolvimento do agro no Brasil, bem como para se alcançar melhorias para o setor. “É com imensa satisfação que repasso o cargo de presidente ao meu amigo, João Marques. Digo que foi um prazer presidir durante esse período de três anos o G-100 o qual eu tenho muito orgulho de ter estado a frente porque representa um setor muito importante em nosso país, o setor lácteo, que produz um alimento que alimenta do rico ao pobre. Porém, é uma categoria que realmente precisa de uma atenção especial por parte das autoridades governamentais. E nós enquanto líderes representantes do setor precisamos correr atrás e lutar para que essa categoria seja reconhecida. Eu durante o tempo que estive a frente da entidade gostaria de ter feito muito mais em prol da classe, mas devido aos momentos difíceis que estamos vivendo não pude. Mas o que foi feito diante do cenário foi de grande valia, acredito que eu tenha deixado algum marco. Desejo muito sucesso e um bom trabalho ao nosso novo presidente!”

Para João Marques, presidente eleito do G-100 e presidente da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce é uma alegria poder representar os produtores rurais em âmbito nacional. “Me enche de orgulho ter a oportunidade de defender os interesses das indústrias de laticínios brasileiras. Fico honrado por ser indicado pelos meus amigos líderes do setor, em especial Wilson Massote, diretor-executivo do G-100. Eu enquanto presidente da instituição buscarei cumprir a pauta que o G-100 tem junto ao Congresso Nacional e ao Senado Federal sobre a reforma tributária, pauta muito importante para o setor. Além das legislações dos derivados junto a Federação Internacional do Leite (FIL/IDF).” Explica Marques.

Romeu Zema, governador de Minas visita à Cooperativa

Romeu Zema, governador de Minas visita à Cooperativa

Na última terça-feira (5) o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, realizou uma visita técnica na indústria, a qual a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, mantém a produção dos Produtos Ibituruna em regime de arrendamento.

A visita também contou com a presença do secretário de desenvolvimento econômico, Fernando Passalio, o prefeito de Governador Valadares, André Merlo, o vice-prefeito David Barroso, a deputada estadual Celise Laviola, e o deputado federal, Hercílio Coelho Diniz. Além disso, também participaram importantes figuras do setor lácteo: o presidente da De Minas, Franklin Henrique Martins, o presidente dos Laticínios Mucuri, Welson Souto, e Josué Lira, sócio proprietário da Atalat.

Cooperativa realiza Balanço Social 2020

Cooperativa realiza Balanço Social 2020

As cooperativas são instituições criadas para gerar renda, qualidade de vida, bem-estar e desenvolvimento para as pessoas envolvidas em seus negócios. A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce também foi criada para esses fins, desde então, tem cumprido esses papeis nas 52 comunidades em que atua.

Com a finalidade de levar ao conhecimento de todos os envolvidos, direta e indiretamente em suas atividades, a Cooperativa anualmente elabora um relatório com o balanço social de todas as ações promovidas em prol dos seus públicos de interesse.

 Neste ano de 2021 a Cooperativa apresentou o seu balanço social através de uma revista de edição especial, Retrospectiva 2020. Um compilado com todas as ações da instituição realizadas no decorre de um ano tão desafiador. Apesar de todos os intemperes a Cooperativa conseguiu gerar soluções para os envolvidos em suas operações, como, por exemplo, o crescimento de 14% em novos postos de trabalho, promoção de desenvolvimento socioeconômico para o Vale do Rio Doce através dos projetos de assistência técnica, entre outros.

Mapa do Leite

Estamos presentes em quase 60 municípios da região do Vale do Rio Doce, levando desenvolvimento e fomentando a economia local.

Endereço da Cooperativa e Armazém
Avenida Rio Bahia, BR 116, km 411
Bairro Planalto - Gov. Valadares/MG
CEP: 35.054-060