Cooperativa

A Cooperativa

Fundada em 1959, com 186 associados, por Luíz de Castro Cortes a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce sempre teve foco na pecuária leiteira. Com três anos de fundação a fábrica ficou pronta e em abril de 1962 começou a entregar leite na carrocinha para a comunidade, nesta época a Cooperativa pagava ao produtor 50% a mais pelo litro de leite que a concorrência. Mais ou menos na mesma época a Cooperativa abriu o seu próprio Armazém para facilitar as compras do cooperado.

A Cooperativa foi crescendo e evoluindo, foi construída uma sede administrativa e um auditório para assembleias. Em 1968 o leite passou da carrocinha para o leite empacotado, e, em pouco tempo foram criados postos de recepção. Em 1974 foi construída a fábrica de iogurte, doce de leite e requeijão em barra.

Em 1977 a fábrica foi ampliada e passou a produzir também mussarela, queijo minas padrão, requeijão cremoso, queijo minas frescal. Allém disso, a produção de manteiga em lata passou de 300 kg/dia para 3.000 kg/dia.

Na década de 80 a usina foi novamente ampliada e a Cooperativa comprou um frigorífico, tempos depois ele foi vendido e a Cooperativa voltou a atuar exclusivamente na pecuária leiteira. Foi construída uma nova fábrica de queijos com produção de 100.000 kg/dia. A década de 90 foi marcada pelo avanço tecnológico da indústria e o crescimento da linha de produtos.

Hoje a Cooperativa respira novos ares, agora sem uma indústria, vendida em 2008, mas permanecendo fiel aos princípios do Cooperativismo. Com isso, confirma sua vocação de alavancar o desenvolvimento da atividade de seus associados: a produção de leite. A sólida parceria com os cooperados, parceiros, clientes e a tradição de oferecer qualidade, fez com que a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce se transformasse em uma das cinco principais empresas do Brasil no disputado setor alimentício, que reúne mais de 43 mil empresas em todo o país. Além disso, também foi considerada pela Revista Istoé Dinheiro, uma das melhores empresas dos setores financeiro e social do Brasil.

Ex-presidentes
  • 1959 a 1965 – Luiz de Castro Cortes
  • 1965 a 1968 – João Fernandes
  • 1968 a 1971 – Edison Santos
  • 1971 a 1974 – Geraldo de Oliveira Pinho
  • 1974 a 1977 – Euller Fernandes
  • 1977 a 1980 – Eurídes Inácio de Lima
  • 1980 a 1987 – Silas Dias Costa
  • 1987 a 1991 – José Miguel Merlo
  • 1991 a 2008 – Wellington Silveira de Oliveira Braga

 

Conheça nossos projetos