Imprensa

Cooperativa, Prefeitura de Marilac e Univale buscam oportunidades de desenvolvimento regional

Cooperativa, Prefeitura de Marilac e Univale buscam oportunidades de desenvolvimento regional

No dia 24 de junho, o presidente da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, João Marques, e o gerente de política leiteira, Alexandre Negri, receberam o prefeito municipal de Marilac, Edmilson Valadão, o cooperado Ricardo Lacerda, o gestor do Centro de Emprego e Oportunidade da Univale, Leonardo Carneiro e o gestor de negócios e oportunidades também da Univale, Vinicius Viana.

O encontro teve o objetivo de idealizar possibilidades e oportunidades para fomentar o desenvolvimento e o fortalecimento da economia de Marilac, bem como os produtos já existentes no município e região. Os presentes discutiram a implementação do cultivo de novas culturas, principalmente para os pequenos produtores que vivem da agricultura familiar, tendo em vista a evolução da renda e promoção de qualidade de vida deste grupo.

            Pensando nisso, os presentes refletiram estratégias de desenvolvimento de um projeto piloto, com a finalidade de fomentar a economia de Marilac e Região por meio da somatória de forças, como explica o gestor de negócios e oportunidades da Univale, Leonardo Carreiro. “Por meio da experiência do Centro de Empregos e Oportunidades (CEO) da Univale em negócios e projetos, trouxemos para esta reunião as possibilidades que visualizamos para ajudar na implementação de projetos que visam trazer soluções e desenvolvimento, por intermédio de novos produtos ou do fortalecimento dos produtos já existentes.”

            O prefeito da comunidade de Marilac, Edmilson Valadão, demonstrou grande expectativa com a reunião e espera que dessa conversa floresça bons resultados. “A reunião foi bem produtiva, surgiram ideias maravilhosas. Juntos, teremos condições de levar para Marilac algo novo, principalmente na geração de emprego e renda. Visto que precisamos ampliar a renda do produtor rural e gerar qualidade de vida, o que consequentemente fomentará toda a economia local desde comerciantes a prestadores de serviços”. Explica Valadão.

A reunião já apontou diretivas de qual caminho deverá ser seguido para alcançar o objetivo final, complementa Leonardo. “Como o prefeito de Marilac nos sinalizou sobre a importância do fortalecimento do pequeno produtor rural, percebemos um alinhamento muito grande com o produtor de leite, banana e outros produtos. Nesse sentido vimos a possibilidade de produtos que podem ser desdobrados da banana, alinhados junto a psicultura e a criação de frango caipira. Diante dessa solicitação realizaremos algumas visitas à comunidade de Marilac para entender a região, e desenvolver o projeto piloto que poderá ser aplicado o mais o rápido possível junto à comunidade. Nós vamos estudar os mecanismos de viabilidade para isso acontecer.” Esclarece.

ler mais
Cooperativas de Valadares se unem na arrecadação de alimentos

Cooperativas de Valadares se unem na arrecadação de alimentos

O Dia de Cooperar, popularmente conhecido como Dia C, é um evento em comemoração ao Dia do Cooperativismo. Neste ano de 2021 a data será celebrada no dia 03 de julho. Essa ação será mobilizada e viabilizada pelo Elo Cooperativista Social (Ecoos) formado e fomentado pelas maiores cooperativa da cidade, sendo elas: Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, Sicoob AC Credi, Sicoob Crediriodoce, Unicred e Unimed que juntas promoverão, no próximo dia 3 de julho, uma grande ação solidária.

            Este ano, devido a pandemia causada pela Covid-19, a ação – que até então era realizada presencialmente, envolvendo muitas pessoas – sofreu modificações em seu escopo, passando para o ambiente virtual. Mesmo com o distanciamento social o amparo àqueles que mais precisam permanecerá através da campanha de arrecadação de alimentos que ganhou o nome “10+10 = Muito mais que 20” em combate à fome.

            Sabemos que desde o início da pandemia as doações às intuições de assistência social e às famílias carentes reduziram drasticamente. Pensando nisso, o Ecoos criou a campanha que se iniciou no último dia 14/6 e vai até o dia 02/07, com o intuito de arrecadar o máximo de alimentos que conseguir para ajudar a quem precisa.

            Para doar, basta dirigir-se a qualquer uma das cooperativas que fazem parte do Ecoos, visto que cada instituição destinará um espaço para arrecadação. A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce está responsável pelo recebimento de leite, e as demais, Sicoob AC Credi, Sicoob Crediriodoce, Unimed e Unicred, pela coleta de alimentos não-perecíveis de forma geral.

            De acordo com o agente de educação cooperativista, José dos Passos, o Dia C é um programa nacional que busca promover iniciativas socioambientais e transformar a realidade das pessoas. “O Dia C a cada ano possui uma pauta diferente que visa ajudar da melhor forma possível as pessoas. Neste ano a ação tem a finalidade de amparar de forma solidária às famílias que estão enfrentando dificuldades por consequência da Covid-19. Uma das formas mais plausíveis que encontramos de fazer o bem foi através das doações de alimentos garantindo a dignidade da pessoa humana.” Explica.

ler mais
TREINAMENTO:  TÉCNICAS PARA A UTILIZAÇÃO DE FERTILIZANTES

TREINAMENTO: TÉCNICAS PARA A UTILIZAÇÃO DE FERTILIZANTES

Na última terça-feira (8), foi realizado um treinamento com a equipe de vendas do Armazém e a equipe técnica da Cooperativa, através da plataforma digital Microsoft Teams, cujo tema foi Técnicas Para a Utilização de Fertilizantes.

            O treinamento teve como objetivo ampliar os conhecimentos e a presença do Armazém nesse segmento tão importante e necessário para o desenvolvimento das pastagens e outras culturas em nossa região. O responsável por ministrar a capacitação foi o Engenheiro Agrônomo e gerente de vendas da Fertipar Sudeste, Ieres Peixoto, que na oportunidade apresentou os produtos do Grupo Fertipar, bem como as recomendações do fabricante para o uso de cada adubo.

            Para o ministrante do treinamento, o momento possibilitou saber mais sobre a parceira Cooperativa. “É a oportunidade de conhecer melhor a realidade do mercado atendido pela Cooperativa e alinhar a forma de trabalhar juntos, com o intuito de atender da melhor forma toda demanda gerada pela Cooperativa e seus cooperados e assim fortalecer cada vez mais nossa parceria, através da satisfação dos clientes atendidos.” Explica.

De acordo com o agrônomo da Cooperativa, Antônio Rezende, o treinamento foi de extrema importância. Visto que “agregou muito sobre as formas corretas de aplicação e o momento adequado de utilizar os adubos. Essas orientações facilitam muito para que possamos fazer indicações aos produtores de acordo com as culturas que cada um cultiva.” Esclarece.

ler mais
Cooperativa e Univale somam forças para impulsionar o agronegócio no Vale do Rio Doce

Cooperativa e Univale somam forças para impulsionar o agronegócio no Vale do Rio Doce

Na última terça-feira (8), o gerente de Política Leiteira, Alexandre Negri, e o superintendente administrativo e financeiro da Cooperativa, Gilmar Oliveira se reuniram com o coordenador do curso de Medicina Veterinária, Victor Negrão, o coordenador do Centro de Empregabilidade e Oportunidade (CEO), Vinícius Viana e o coordenador do Curso de Administração da Univale, Leonardo Carneiro.

A reunião teve o objetivo de estreitar o relacionamento entre a Cooperativa e os cursos de Agronomia e Medicina Veterinária da Univale. Além disso, avaliar a possibilidade de firmar parceria na promoção de estágios e contribuir para equipar e fornecer estrutura adequada para a realização das aulas práticas.

De acordo com o gerente de Política Leiteira, Alexandre Negri, a aproximação entre os cursos e a Cooperativa é essencial, visto que o agronegócio está expandido significativamente em todo país. “O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 2,06% em dezembro e fechou o ano de 2020 com uma expansão recorde de 24,31%, na comparação com 2019, segundo Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Diante disso, a qualificação de profissionais do setor se torna fundamental. Nós, por sermos uma cooperativa, temos a responsabilidade de desenvolver economicamente e intelectualmente a comunidade onde estamos e essa reunião serviu para alinhamos novas oportunidades para o setor”. Explica Negri.

Visto isso, a Cooperativa está somando forças com a Univale, mais especificamente com o curso de Medicina Veterinária. O coordenador do curso, Victor Negrão, salienta como irá funcionar essa sinergia entre as instituições. “A Univale conhecedora da região de Valadares percebe a falta de um centro de atendimento veterinário de pequenos e grandes animais com tecnologia e exames de ponta. Nesse sentido, deu início a um projeto para abrir e fomentar dois hospitais veterinários, um de pequenos e outro de animais de grande porte. O hospital direcionado a animais de grande porte é passível de ser montado através de parcerias, por isso resolvemos estreitar os laços com a Cooperativa e a União Ruralista Rio Doce que nos ajudarão nesse projeto. Além disso, buscamos parcerias para a construção de modelos de negócios e serviços como, por exemplo, um aviário, piscicultura, plantio de jabuticabeiras e tomate. Então o objetivo é unir as forças das instituições para fazermos muitas coisas boas como modelo de negócio para ser replicado nas propriedades da região”.

Cooperativa, União Ruralista e Univale se unem na promoção do agro de Valadares e região!

ler mais
Líderes de entidades sindicais se reúnem com presidente da Cooperativa

Líderes de entidades sindicais se reúnem com presidente da Cooperativa

A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce mantém relacionamento estreito com entidades que representam o agronegócio. Dentre elas, estão as entidades sindicais rurais e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg). Por isso, na última quinta-feira (20), o presidente da Cooperativa, João Marques, participou de uma reunião junto a líderes do setor.
O encontro que aconteceu na sede da União Ruralista Rio Doce (URRD) contou com a presença dos senhores Antônio Pitangui de Salvo, presidente do sindicato Rural de Curvelo e candidato à presidência da Faemg, Frank Mourão, presidente do Sindicato Rural de Sabinópolis, Antônio Carlos Brandão, diretor do Sindicato Rural de Coroaci, Celso Gonçalves, presidente do Sindicato de Coroaci, Renato Abib Miranda, presidente do Sindicato de Tarumirim, Lúcio Flávio, presidente do Sindicato Rural de Resplendor, Afonso Bretas, presidente do Sindicato Rural de Governador Valadares, Maria Lourdes, diretora do Sindicato Rural de Governador Valadares, Roberto Cezar, diretor do Sindicato Rural de Governador Valadares e José Miguel Merlo, presidente da União Ruralista Rio Doce.
A reunião dos líderes teve como propósito discutir sobre as ações da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), apresentar o candidato à presidente da Federação o senhor, Antônio Pitangui de Salvo, e articular a campanha eleitoral na região de Governador Valadares. Além disso, apresentar as dificuldades da região ao candidato para que ele tenha ciência das necessidades do Vale do Rio Doce caso tenha êxito nas eleições que ocorrerão no próximo deia 31 de agosto de 2021.
De acordo com o presidente da Cooperativa, João Marques a união de entidades que representam o agro é de fundamental importância para o desenvolvimento do setor. “O Sistema Faemg e suas ramificações, os sindicatos, são extremamente importantes para o desenvolvimento do agronegócio em Minas Gerais. Visto que atuam na defesa dos direitos e interesses da classe, prestação de serviços e desenvolvimento do homem do campo através de treinamentos e projetos de assistência técnica. Diante da sua importância, precisamos fortalecer o sistema e as entidades que atual em prol da classe produtora para que o agronegócio cresça ainda mais em nosso país, gere mais renda e qualidade de vida para as pessoas.” Explica.
O candidato à presidência da Faemg, Antônio Pitangui de Salvo, diz que o agro precisa acompanhar as evoluções tecnológicas que estão sendo inseridas no campo. “O agro se desenvolve de forma pujante e a Faemg precisa acompanhar todo o pacote tecnológico que tem entrado no campo, por isso, iniciamos o processo de eleição com a chapa Inova Faemg para que a gente possa de uma maneira clara e segura impulsionar ainda mais o crescimento da nossa federação de forma inovadora e atuante junto aos sindicatos. Visto isso, estamos concorrendo as eleições no próximo dia 31 de agosto. A nossa chapa é composta por diversos líderes de sindicatos rurais e de setores variados do agro do Estado de Minas Gerais para termos legitimidade e representatividade compatíveis com o agronegócio mineiro. O apoio de produtos de leite e entidades do setor é de suma importância uma vez que a cadeia do leite é capilarizada em toda Minas Gerais.” Explica.
O Sistema Faemg defende os interesses dos produtores rurais, capacita os profissionais do campo e desenvolve pesquisas que fomentam o agronegócio do Estado de Minas Gerais.

ler mais
Intercooperação: Coolvam visita as instalações da Cooperativa

Intercooperação: Coolvam visita as instalações da Cooperativa

A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce recebeu na última segunda-feira (17), a Cooperativa de Laticínios Vale do Mucuri (Coolvam), que atua na produção de derivados do leite na cidade de Carlos Chagas-MG, que levam a marca Mucuri.
A visita teve caráter institucional onde a comitiva composta pelos colaboradores Valquíria Pereira, Cleves Rodrigues e os consultores associados Fátima Regina e Éliton Luiz, vieram conhecer os processos, sistema de vendas e as rotinas do nosso Armazém. A comitiva foi recepcionada pelos colaboradores da Cooperativa Agropecuária Vitor Lisboa, Fábio Caldeira e Rafael Campos e pelo prestador de serviço Paulo Cesar.

ler mais
Presidente da Cooperativa, João Marques, é eleito presidente do G-100

Presidente da Cooperativa, João Marques, é eleito presidente do G-100

Na última segunda-feira (3), durante a Assembleia Geral Ordinária e reunião do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios (G-100), na modalidade online,  o diretor presidente da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, João Marques, foi eleito presidente da instituição.

O G-100 em seu organograma conta com três vice-presidentes. Para a gestão (2021-2024) foram eleitos junto ao presidente João Marques, os senhores: Cícero de Alencar Hegg fundador dos Laticínios Tirolez do Estado de São Paulo, Pedro Augusto Fernandes Guimarães, presidente da Cooperativa Serramar do Estado de São Paulo e Paulo José Cintra Santos, diretor geral do Laticínio Marianna do Estado da Bahia.

Conforme disse a ex-presidente da instituição, Ísis Madruga, o G-100 é uma entidade muito importante para o desenvolvimento do agro no Brasil, bem como para se alcançar melhorias para o setor. “É com imensa satisfação que repasso o cargo de presidente ao meu amigo, João Marques. Digo que foi um prazer presidir durante esse período de três anos o G-100 o qual eu tenho muito orgulho de ter estado a frente porque representa um setor muito importante em nosso país, o setor lácteo, que produz um alimento que alimenta do rico ao pobre. Porém, é uma categoria que realmente precisa de uma atenção especial por parte das autoridades governamentais. E nós enquanto líderes representantes do setor precisamos correr atrás e lutar para que essa categoria seja reconhecida. Eu durante o tempo que estive a frente da entidade gostaria de ter feito muito mais em prol da classe, mas devido aos momentos difíceis que estamos vivendo não pude. Mas o que foi feito diante do cenário foi de grande valia, acredito que eu tenha deixado algum marco. Desejo muito sucesso e um bom trabalho ao nosso novo presidente!”

Para João Marques, presidente eleito do G-100 e presidente da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce é uma alegria poder representar os produtores rurais em âmbito nacional. “Me enche de orgulho ter a oportunidade de defender os interesses das indústrias de laticínios brasileiras. Fico honrado por ser indicado pelos meus amigos líderes do setor, em especial Wilson Massote, diretor-executivo do G-100. Eu enquanto presidente da instituição buscarei cumprir a pauta que o G-100 tem junto ao Congresso Nacional e ao Senado Federal sobre a reforma tributária, pauta muito importante para o setor. Além das legislações dos derivados junto a Federação Internacional do Leite (FIL/IDF).” Explica Marques.

ler mais
Romeu Zema, governador de Minas visita à Cooperativa

Romeu Zema, governador de Minas visita à Cooperativa

Na última terça-feira (5) o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, realizou uma visita técnica na indústria, a qual a Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, mantém a produção dos Produtos Ibituruna em regime de arrendamento.

A visita também contou com a presença do secretário de desenvolvimento econômico, Fernando Passalio, o prefeito de Governador Valadares, André Merlo, o vice-prefeito David Barroso, a deputada estadual Celise Laviola, e o deputado federal, Hercílio Coelho Diniz. Além disso, também participaram importantes figuras do setor lácteo: o presidente da De Minas, Franklin Henrique Martins, o presidente dos Laticínios Mucuri, Welson Souto, e Josué Lira, sócio proprietário da Atalat.

ler mais
Cooperativa realiza Balanço Social 2020

Cooperativa realiza Balanço Social 2020

As cooperativas são instituições criadas para gerar renda, qualidade de vida, bem-estar e desenvolvimento para as pessoas envolvidas em seus negócios. A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce também foi criada para esses fins, desde então, tem cumprido esses papeis nas 52 comunidades em que atua.

Com a finalidade de levar ao conhecimento de todos os envolvidos, direta e indiretamente em suas atividades, a Cooperativa anualmente elabora um relatório com o balanço social de todas as ações promovidas em prol dos seus públicos de interesse.

 Neste ano de 2021 a Cooperativa apresentou o seu balanço social através de uma revista de edição especial, Retrospectiva 2020. Um compilado com todas as ações da instituição realizadas no decorre de um ano tão desafiador. Apesar de todos os intemperes a Cooperativa conseguiu gerar soluções para os envolvidos em suas operações, como, por exemplo, o crescimento de 14% em novos postos de trabalho, promoção de desenvolvimento socioeconômico para o Vale do Rio Doce através dos projetos de assistência técnica, entre outros.

ler mais

Contatos

Endereço da Cooperativa e Armazém
Avenida Rio Bahia, BR 116, km 411
Bairro Planalto - Gov. Valadares/MG
CEP: 35.054-060