Cooperativa

Tipos

O leite de vaca é o mais consumido, e a sua composição é água, lactose, gordura, proteínas (sendo a caseína a principal proteína), sais minerais (como cálcio e fósforo) e vitaminas (hidrossolúveis e lipossolúveis).

O leite é classificado em tipo A, B e C, de acordo com a quantidade de microrganismos no leite. Para cada tipo de leite, a legislação federal estabelece um padrão de higiene na ordenha, transporte, armazenamento e pasteurização.

A pasteurização é o processo em que o leite é submetido a altas temperaturas (720°C a 750°C), por um tempo de 15 a 20 segundos, e logo em seguida é resfriado. Com essa variação de temperatura é possível destruir microrganismos patogênicos.

Leite tipo A

O leite tipo A é ordenhado mecanicamente, pasteurizado e embalado na própria fazenda. O leite tipo A e o tipo B quase não apresentam diferenças, sendo que o leite tipo A contém mais gordura e menos proteína do que o leite tipo B.

Leite tipo B

No leite tipo B a ordenha também é mecânica, as vacas ficam em estábulos, e o armazenamento e o transporte devem ter refrigeração. A pasteurização desse tipo de leite não ocorre na fazenda.

Leite tipo C

O leite tipo C geralmente é procedente de produtores não especializados. As vacas ordenhadas ficam no pasto, e a ordenha pode ser mecânica ou manual. O leite é armazenado e transportado em temperatura ambiente da fazenda até a usina onde será pasteurizado, por isso a contagem de bactérias nesse tipo de leite pode ser muito alta.

O leite tipo A e tipo B possuem mais de 3% de gordura, enquanto que no leite tipo C a gordura é reduzida a menos de 3%.

Para que se tenha um leite de boa qualidade, os animais ordenhados devem estar em boas condições sanitárias e com as vacinas contra brucelose e febre aftosa em dia. Devem ter os pelos da cauda e do úbere aparados, pois essas partes são as maiores propagadoras de microrganismos. É bom que se lave os animais diariamente.

Sistema UHT

O sistema UHT (Ultra High Temperature) é um processo em que o leite é submetido a altas temperaturas (1300°C a 1500°C), por um tempo de 2 a 4 segundos, e logo em seguida é resfriado.

Leite UHT e Leite Pasteurizado

A diferença entre o leite UHT e o pasteurizado, é que o leite UHT está completamente livre de bactérias, e pode ser estocado por até 180 dias em temperatura ambiente; enquanto que o leite pasteurizado tem o número de bactérias reduzido, com destruição das bactérias patogênicas, mas deve ser consumido em até 72 horas, desde que o seu armazenamento e transporte seja feito em temperaturas abaixo de 100°C.

Leite Integral

O leite integral é um leite rico em gordura saturada (3%) e é uma boa opção para crianças e adolescentes em fase de crescimento e que precisam de uma dieta rica em vitaminas e sais minerais.

Leite Semidesnatado

O leite semidesnatado ou leite em pó desnatado possui uma quantidade menor de gorduras saturadas (2,9% a 0,6%) e um valor calórico menor do que o leite integral.

Leite Desnatado

O leite desnatado possui 0,5% de gordura, sendo classificado como um leite magro, já que não possui quase nada de gordura.

Leite com baixo teor de lactose

O leite com baixo teor de lactose foi desenvolvido por algumas empresas para as pessoas que têm intolerância à lactose. Essas pessoas não conseguem produzir a enzima lactase, que digere a lactose. Esse tipo de leite possui todos os nutrientes que compõem o leite integral.

Leite enriquecido com vitaminas

O leite enriquecido com vitaminas contém vitaminas A, D, B6, B12, C e E, além de ácido fólico e nicotinamida. Algumas empresas desenvolveram também um leite enriquecido com ferro, no qual, além dos nutrientes do leite, a quantidade de ferro pode variar de 0,8 a 3 mg de ferro a cada 100 ml. Também podemos encontrar no mercado leites enriquecidos com cálcio e com ômega 3 eleite enriquecido com fibras, todos visando um melhor funcionamento do organismo.

 

Conheça nossos projetos