Cooperativa

Conheça as técnicas básicas para o plantio de cana-de-açúcar

A cana é uma planta forrageira que é muito utilizada na sociedade brasileira, além de ser um produto de alto valor de exportação, seja pela produção de energia, do açúcar e até pela cachaça. Para plantar e colher a cana da forma certa é preciso seguir algumas regras determinadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Nos tópicos a seguir você vai ter um resumo de quais são essas técnicas e como elas devem ser aplicadas no plantio de cana-de-açúcar. Confira!

Preparação do solo

A primeira atitude que o agricultor deve tomar é escolher a área certa para o plantio da cana. A terra precisa ser plana, com ligeira inclinação. O solo precisa ser fértil, profundo e que não encharque de água em cada chuva que tiver no local.

Depois de escolhido o lugar, é hora de preparar o solo com a aração para evitar plantas e pragas, melhorar a aeração e infiltração do solo, em seguida a gradagem, e a sulcagem que vai finalizar esse processo de preparo para o plantio da cana-de-açúcar.

O plantio das mudas

Com o solo preparado, você deve escolher quais variedades de cana que deseja plantar na sua propriedade, a depender do objetivo que tenha na plantação. As variedades mais adaptadas da região precisam ser pesquisadas, pois, variam dependendo do clima, solo e período do ano que se realiza o corte. Por isso, defina bem seus objetivos antes de começar a plantar.

Com as mudas escolhidas, é hora de escolher a época do plantio. O melhor é no início do período chuvoso para que na época de seca você consiga colher as canas já prontas para a produção. O tempo da primeira plantação até a primeira colheita pode variar de 12 a 18 meses.

Uma dica importante é agir com prevenção e usar fungicidas e inseticidas, orgânicos ou químicos, para evitar que as pragas se alojem na plantação e faça você perder toda a colheita. Prevenir é sempre melhor que remediar.

O site da Embrapa tem todas as informações detalhadas para você fazer o plantio correto da cana-de-açúcar. Se tiver alguma dúvida, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Benefícios do uso de herbicidas na limpeza de pastagens

A pecuária bovina é uma das maiores potências econômicas em nosso país, tendo o maior rebanho comercial do mundo. E sua produtividade é toda alicerçada nas pastagens, visto que a maior parte da produção é feita nesses pastos, com a pecuária extensiva. Desse modo, manter as pastagens sadias e fortes é um dos principais artifícios para continuar gerando bons rendimentos na área, e fazer sua limpeza é fundamental.

Por isso, o artigo de hoje vem trazer os benefícios de uso de herbicidas na limpeza das pastagens.

As pastagens no dia a dia

As pastagens naturais são a forma largamente utilizada no Brasil para alimentação dos rebanhos, com aproximadamente 90% produção sendo feita nesse regime. Assim, podemos dizer que a produção da carne bovina no país está diretamente relacionada à saúde dos pastos.

Entretanto, diariamente, essas pastagens saudáveis são invadidas por plantas daninhas, que concorrem com elas diretamente por água, espaço e também por nutrientes. Muitas dessas ervas conseguem germinar mesmo em condições adversas e crescem rapidamente, diminuindo a produtividade dos pastos.

Invadindo esses espaços, as plantas reduzem a qualidade do pasto, afetando inclusive no ganho de peso do rebanho. Além disso, elas podem ser tóxicas aos animais das pastagens, causando-lhes inclusive a morte.

O processo de limpeza das pastagens

Para que essas plantas daninhas sejam removidas, foram desenvolvidas algumas técnicas de limpeza dos pastos. Dentre as práticas está o controle mecânico, que funciona por meio de roçada, com foice manual ou roçadeira a trator. Mas esse processo não é muito eficaz, já que tem efeito temporário, e só elimina o problema superficialmente. Após a roçada as plantas voltam a crescer com mais vigor, pois não há eliminação das raízes.

Outra alternativa é o controle químico feito com herbicidas. Essa prática provoca a interrupção total do crescimento das plantas invasoras e sua morte. Com isso, a pastagem consegue se desenvolver de maneira saudável. É recomendável que a limpeza seja feita nos períodos do ano em que a taxa de fotossíntese dessas plantas é alto. Desse modo, a absorção do herbicida pelas ervas daninhas também aumenta, incrementando a efetividade da limpeza. Os períodos mais propícios à limpeza são nos meses mais quentes do ano, sendo o período de novembro a março o mais recomendado.

Benefício do uso de herbicidas nas pastagens

O uso de herbicidas é uma das formas mais eficazes de limpeza dos pastos, resolvendo de forma definitiva o problema, além de melhorar o desenvolvimento saudável dos pastos. Com isso, pode ser observada uma melhora de até 50% na produtividade dessas áreas após a limpeza.

Os rebanhos, desse modo, conseguem se alimentar melhor, ganhar mais peso, ter mais saúde, e consequentemente produzir bem mais, tanto na produção de carne, como na produção de leite.

Gostou do nosso artigo? Então compartilhe e deixe nos comentários suas dúvidas e sugestões. Sua opinião é muito importante.

Os benefícios da braquiária muito além da alimentação animal

 

Se você é o tipo de agropecuário que sempre está procurando dicas que podem ajudar na plantação e na alimentação do rebanho, encontrou o site certo. E se o que procura é sobre os benefícios da braquiária, então confira o post de hoje.

A braquiária é conhecida também como brachiaria. De origem africana,  foi introduzida ao Brasil como forrageira, bastante utilizadas em áreas de cerrado. Em alguns locais tornou-se uma planta invasora, porém possui inúmeras espécies e características. Essa planta é indicada especialmente para os bovinos, pois apresenta uma boa quantidade de proteína aos animais.

Curioso para saber os benefícios que vão além da alimentação?

Além de oferecer forragem aos animais, a brachiaria é um tipo de capim que contribui na estruturação do solo, em especial em produções de milho e café. Proporcionando ao solo mais sanidade e ganhos na produtividade nas produções.

Os benefícios em usar a braquiária é redução de plantas invasoras os sistemas e produção, controle de mofo branco, melhoria das propriedades físicas, químicas e biológicas no solo e ainda aumenta os materiais orgânicos. Hoje em dia essa planta serve para tudo na produção agrícola.

Ficou com alguma dúvida? Conta pra gente o que achou, contribuindo com mais informações para todos. Até a próxima!